fechar
IMG_2822

Quem me acompanha pelas redes sociais, já deve ter visto que estou fazendo fisioterapia durante a gravidez, e tem me feito muito bem, então hoje vou compartilhar essa super dica com vocês, só que de uma forma mais detalhada!

A gravidez além de ser um período especial e lindo, requer muita atenção e cuidados também, para que tudo ocorra bem ao longo dessa fase. É por essa razão que as mulheres precisam antes de qualquer coisa, fazer um planejamento para que tudo aconteça da melhor forma possível e de maneira saudável.

IMG_2797

No meu caso, no começo da gestação, eu estava me queixando de dores na virilha, incontinência urinária, cansaço, falta de ar, entre outros incômodos, inclusive li que tudo isso era normal, mas conversando com meu obstetra, ele me indicou, a fisioterapia para gestantes (fisioterapia para fortalecimento do assoalho pélvico). Uma ótima opção para trazer benefícios ao bem-estar da mulher. Isso porque, a partir dos métodos indicados pelo fisioterapeuta, as gestantes podem passar pela situação com mais conforto e de forma tranquila. Hoje posso dizer que não me queixo de nenhuma dor nas costas, não tenho incontinência urinária, e meu fôlego melhorou muito. Nada do que correr atrás de informação com um bom médico né?

Conheça os benefícios da fisioterapia para gestantes

A fisioterapia de modo geral traz muitos benefícios para as gestantes já que é comum aumentar o desconforto e limitações ao longo da gravidez. saiba e conheça as vantagens em realizar o tratamento:

  • Orientação para melhorar a postura;
  • Alongamentos e fortalecimento dos músculos para suportar melhor o peso da barriga;
  • Diminui o risco de incontinência urinária na gravidez e também no pós-parto, independente do tipo de parto;
  • Melhoria no condicionamento físico e a respiração;
  • Exercícios aeróbicos e controle do peso;
  • Acalma o bebê, por haver uma menor concentração de cortisol, hormônio que encontra-se em maior quantidade no sangue quando estamos cansadas e estressadas;

Todas essas práticas e técnicas fazem com que as mulheres tenham mais conforto e qualidade de vida. Com o auxílio da fisioterapeuta, as mulheres terão cuidados específicos em cada fase para que ao final e depois de gerar o bebê, o corpo volte a sua forma natural em um período menor e de forma mais sadia.

Abaixo, alguns exercícios que fiz na minha última sessão com a Dra. Camila Patriota da Clinica Fiostrat, aqui em Porto Velho. Ela me passou os detalhes de cada exercício!

1) Alongamento lateral do tronco: favorece alívio nos desconfortos musculares e posturais, em especial da coluna. Otimiza a flexibilidade e a respiração.

2) Treino de equilíbrio unipodal (com um pé só) no bozu (superfície instável):

IMG_2820Ajuda a manter o equilíbrio para evitar quedas, que podem ser comuns no terceiro trimestre. Além do equilíbrio, trabalha a estabilização dos ligamentos do tornozelo, evitando possíveis entorses durante a caminhada.

3) Mobilização pélvica na bola suíça associada ao fortalecimento dos abdutores do quadril com uso da faixa elástica:

IMG_2836IMG_2823 IMG_2782

Relaxa o quadril e ajuda a perceber o contato da região do assoalho pélvico com a bola, estimulando a consciência corporal para facilitar a ativação dos músculos neste local. Por fim o fortalecimento dos músculos laterais do quadril colaboram para dar maior estabilidade para a região pélvica.

4) fortalecimento dos membros superiores com boneco de 3kg:

IMG_2767 IMG_2765
IMG_2798 IMG_2797

Fortalecimento dos braços ajuda durante todo o período da amamentação e para carregar o bebê. O peso colocado no boneco é gradativo de acordo com a evolução do bebê, ou seja, colocamos o peso similar ao que o bebê já está.

5) posições de relaxamento e trabalho de parto:

IMG_2785

Posição de cócoras ajuda a relaxar os músculos do assoalho pélvico. Durante o trabalho de parto a posição facilita a percepção do encaixe do bebê e alivia as dores da contração.

7) Ficar ajoelhada debruçada sob a bola:

IMG_2796
Posição de relaxamento e alívio da dor durante o trabalho de parto. Facilita a aplicação de massagem na região lombar.

Depois desses exercícios, vem a segunda fase, o atendimento é feito em uma sala reservada e própria para esse tipo de atendimento de fortalecimento dos músculos do assoalho pélvico.

Exercícios são realizados manualmente e com aparelho. O fortalecimento evita a incontinência urinária e melhora a sustentação dos órgãos pélvicos (bexiga, trompas, ovários e útero) e consequentemente do bebê.

IMG_2803

8) relaxamento dos músculos do assoalho pélvico:
A massagem perineal serve para relaxar a musculatura localizada na vagina, eliminando pontos de tensão e facilitando a saída do bebê durante o parto.

9) Alongamento dos músculos do assoalho pélvico:
O uso do epi-no (o aparelho azul da foto)  favorece o alongamento muscular. Isso favorece com que a gestante perceba mais ou menos a sensação do alongamento e a pressão no momento do período expulsivo durante o parto.

Bom, acho que é isso, a cada sessão e a cada semana de gestação iniciamos um exercício diferente, não tem como ser chato ou cansar, cada aula é diferente. Eu faço duas sessões semanais, elas duram cerca de uma hora a uma hora e meia, faço pelo meu plano (Unimed), o que é ótimo!

A Dra. Camila atente na Clínica Fisiotrat, fica na Rua Afonso Pena, 1441 – Nossa Senhora Graça, Porto Velho, o telefone de lá é (69) 3223-2359.

Abaixo, segue o cartão da Dra.Camila

IMG_1421 IMG_1420IMG_2822

Meu muito obrigada a Dra. Camila, que aceitou de pronto a ajudar a fazer este post, com suas valiosas informações! “Ainda tem muitas mulheres que não conhecem e perdem a oportunidade de ser ajudada e estimulada a ao menos tentar ter um parto normal, além de melhorar a qualidade de vida na gestação. A falta de informação e o empoderamento de nós mulheres ainda é muito fragilizado. A grande maioria ainda se sente fragilizada com relação ao parto e vem as incertezas e insegurança com a criação do bebê”

Espero ter ajudado vocês! Consulte seu obstetra para saber se está apta para fazer também!

Beijo Beijo 

Tags : assoalho pélvicoblog de maternidadeblogueira grávidaexercícios na gravidezexercícios para grávidasfisioterapia na gravidezfortalecimentogravidezgravidez saudávelparto cesáriaparto normal

Deixe uma Resposta

um × um =

error: Este conteúdo é protegido